Airton Faleiro pede que BASA apoie a “agroindustrialização” da região

Petista paraense pediu, ainda, apoio de duas propostas para auxiliar na regularização fundiária de agricultores e que concede incentivos fiscais no âmbito da Sudam

(Brasília-DF, 24/10/2023) O deputado Airton Faleiro (PT-PA) pediu nesta terça-feira, 24 de outubro, que o Banco da Amazônia (BASA) possa apoiar a “agroindustrialização” da região Norte do país. O pedido aconteceu durante o café da manhã que o banco ofereceu aos 65 deputados federais eleitos pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia e Tocantins.

Na oportunidade, o petista paraense pediu, ainda, apoio dos demais colegas de Bancada do Norte para aprovar duas propostas. A primeira, o Projeto de Lei (PL) 2757/22 para auxiliar na regularização fundiária de agricultores. E também ao PL 4416/21 que fixa novo prazo para a aprovação de projetos beneficiados com incentivos fiscais de redução no âmbito da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) e da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

“É muito importante que a nossa Bancada da Amazônia se empenhe nisso [PLs 2757]. Nós temos que renegociar as dívidas e tirar essa turma da inadimplência. […] O Banco da Amazônia tem que financiar a agroindustrialização da Amazônia. O cacau lá no Pará é um negócio fantástico, mas nós não temos uma ‘industriazinha’. Nós temos que industrializar a nossa produção. Essa é a minha sugestão”, afirmou.

(por Humberto Azevedo, especial para a Bancada do Norte, com edição de Genésio Jr.)

Deixe um comentário

Airton Faleiro pede que BASA apoie a “agroindustrialização” da região